sexta-feira, agosto 27, 2004

LONDRES em five days

Estamos em terras da sua majestade… o êxtase é grande…Ao chegar lá a sensação vai acalmando ao fim ao cabo é o mesmo mundo com pessoas iguais às outras com as mesmas necessidades de sobrevivência… Só com hábitos um pouco ao tanto diferentes ou pouco tanto duplicados. Digamos que a escala é superior … lá tudo é em grande desde os copos de cerveja, do café e os monumentos… nem se fala, impõe-se pela sua grandiosidade, em compensação, as casas são pequeninas, os espaços tem que render. Mas uma cidade muito organizada, sem duvida e não falta relógios pelas ruas para prevalecer a pontualidade britânica. Algo engraçado foi quando eu vi um logótipo de um restaurante em pleno centro de Londres com o Galo de Barcelos e nos supermercados vendem enlatados de sardinhas à portuguesa. Ehehhe!!! Os lusitanos estão em todas.


* Joaquimgilvaz.blogspot.com

Primeiras referencias: comida péssima e tudo muito caro (as pizzas, sandes e enlatados fazem muito bem à carteira :p )

Para o primeiro dia – Lá vamos a caminho da St Pauls Cathedral é imponente com um pequeno jardim à volta com uns pombos muito perspicazes pelas migalhas das sandes. Alias, Londres prime também pelos seus enumeros jardins, bem cuidados e com uma diversidade de animais fantástica desde patos, cisnes, esquilos, pombos, formigas
etc …Depois seguimos pela Millennium Bridge que vai dar ao Tate Gallery com várias exposições de arte uma delas do pintor Edder Hopper, vem esta como não era de graça vem fiquei pela frase “ If you could say it in words. There’d be no reason to paint.”.

Segundo dia – Finalmente, depois de caminhar uma longa rua, ao virar de uma esquina lá está…o Big Ben. Ehehhehehehehehhe!!! Em seu redor as Houses of Parliament e mais um bocadinho a gigante roda, a London Eye que numa breve ilusão parece que nem se mexe. De lá podemos ir até Westminster.
Uma dica, uma das melhores formas de viajar em Londres é sem dúvida, nos seus maravilhosos bus vermelhos, no segundo andar;)

Terceiro dia – Uma maratona de museus esperava por nós. Começamos pelo Britsh Museum com uma exposição relativa a cada cultura de cada continente … o que mais me impressionou foi as estátuas de Discóbolos, Appolo e Vénus.
A seguir, National Gallery com obras de Leonardo da Vinci, Botticelli, Bellini e Miguel Ângelo.
Segue-se o Natural History Museum com fósseis de dinossauros e um apelo pela preservação do Planeta Terra.
Por fim, o Country Hall com a exposição Dali Universe… bem para quem me conhece nem preciso de dizer nada… entrei em choque lol. Vem estes são os museus que ressalto mais mas há muito mais, Londres está repleta deles.

Quarto dia – Buckingham Palace … lá estavam os bonecos de vermelho e chapéu cabeludo preto… Bem… aquilo é mesmo enorme, ocupa um quarteirão praticamente, a mais valia é, sem dúvida, o jardim em redor, é público e tem um coreto com uns músicos a tocar e tal, o resto é um ataque à pobreza e aos mendigos que pelas ruas andam.
De lá podemos continuar o nosso passeio luxuoso, podemos ir a Bond Street com as lojas mais dispendiosas, nas ruas circulavam limusinas e seguranças…parecia uma cena mesmo retirada de um filme.
Para relaxar (lol) podemos passar pela Oxford Street uma das ruas com mais movimento, é mesmo uma avalanche de gente devido ao intenso comercio, também uma zona muito moderna é o Piccadelly com os seus famosos punks … hihi vi um com 100 piercings só na face.

Quinto dia – Um dos meus preferidos foi até às feiras Londrinas. Quem dera ter aquelas feiras aqui… Artigos variadíssimos desde artesanais, alternativos, convencionais… Bem do melhor, à volta predominava arte de rua. Eles respeitam muito a arte em si, tínhamos desde cómicos, cantores líricos, estátuas, pintores, músicos, de tudo um pouco… As melhores ferias são Portobello em Nothing Hill, ao domingo a Camden Market e Convent Garden Piaza.
Depois à tarde chegamos à Tower Bridge é muito maior no que parece nas fotos lol também temos a Tower of London e podemos visitar mais teatro de rua, as docas na Isle of Dogs e um parque de diversões.
As noites londrinas são muito coloridas, com uma mistura de sons e estilos excelentes.


Nota: Cuidado é com as vossas carteiras ……… então à noite o risco aumenta.


Roteiro By Polegar

9 comentários:

Mãozinhas disse...

Sim senhor um roteiro e peras! Depois de o ler senti mesmo aquele arrepiosinho na barriga de inveja! K sorte!

Só te eskecest de falar dos Ingleses, são tão giros como o william? ou ainda com cara mais antipatica que o Carlos? ou pior, são todos um bando de metrassexuais como akele jogador de futebol, q casou com uma das spice, e keu agr nem me lembro o nome??

lol beijinhos

Fura_bolos ];P

jorge miguel miranda disse...

pois é... se eu já queria conhecer londres (influências floydianas) então agora começo a ficar mesmo desesperado por a conhecer. Qualquer dia...

Mãozinhas disse...

Aaaahhhh!! Pois faltou o comentário aos homens ingleses... Bem, em relação a isso vi de tudo ... horrorosos, feios, cromos, lindos, elegantes, charmosos... enfim... mas nada se compara com homens das terras lusitanas ;P
A Polegar ;)

Mãozinhas disse...

realmente... não há nada como o tipico homem latino, ou senão como é k o zézé camarinha conseguia comer tantas estrangeiras???

BIBA O NOSSO SEX SIMBOL PORTUGUES: ZÉZÉ ÉS O MAIOR|!

lol beijinhos

Fura_bolos ];P

Mãozinhas disse...

Pois sra Polegar...há gajas de sorte não?;) Não admira que o zézé coma tantas gajas...um gajo daqueles mete o Brad Pitt a um canto ;p..(ou não)...
Mindinha*

Mãozinhas disse...

Boa Carlo ;) Adorei a tua montagem nas fotos etá excelente ;) bigada
Polegar ;)

JoaquimGilVaz disse...

bigado não!! São 50cent. por pixel!

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it pamela anderson sex thigh highs fishnet stockings Configure cisco vpn 3000 active directory vardenafil on sale Flash mp3 players 1gb Protective eyewear specifications Car sales auto west virginia Dodge new commmertial trucks 2003 pontiac aztek headlights Nude bisexual threesomes

Anónimo disse...

Keep up the good work » » »