domingo, fevereiro 11, 2007

Catarse Blogosférica

Hoje senti saudades de um ombro de um amigo..Daqueles que podemos molhar de tristeza, arranhar de raiva, e iluminar com sorrisos transparentes...Tive vontade de fazer uma catarse...mas digamos k hoje não há tempo, não há sitio, não há vontade para fazê-lo de forma tradicional..É por isso que lanço aki a ideia de "catarse blogosférica"...Quando "imaculamos" a alma, mesmo que ninguém esteja connosco fisicamente, eles acabam sempre por estar lá connosco na mesma, com a representação mental que fazemos dos que nos são queridos, e isso ajuda a aliviar a dor, mesmos nakeles dias em queremos gritar ao mundo o quanto nos sentimos mal, mas em que simultaneamente sufocamos com cada palavra que teima em ser proferida...É por isso que talvez este conceito de "catarse blogosférica" seja bom por isso mesmo, porque a representação mental que temos do outro, pode ser sempre aliada à esperança que alguém nos "ouça"através das palavras que escrevemos, que alguém mesmo um cibernauta desconhecido nos possa alentar um pouco, simplesmente pela expectativa que geramos que esse alguém esteja aí do outro lado, mesmo que na verdade não esteja...

Anelar

11 comentários:

Anónimo disse...

sim senhor gostei mto deste post...
digamos k há sempre uma triste com exame amanha, mas k na vespera vem a net, as 3h da matina pa n fazer nda... ou fazer mto: ler o teu post!!! lol
és uma tolinha mandavas msg n???

y know that im here :P

bj

fura_Bolos

Anónimo disse...

Talvez no fundo existam outras pessoas ou (pessoa) k se sinta assim como tu e que invisivelmente, por mais que pareça k não, esteja do outro lado tal como tu própria referis-te!!! A vida da muitas voltas e todos os dias aprendemos, o segredo esta em aprender com os erros… Fica bem

Ass: EU

Walter disse...

e o meu ombro esta sempre por aqui

Paulo Sempre disse...

Deste lado há algo virtual...com saudades de coimbra e da "fonte dos amores". À noitinha, quando chega a saudade, há uma amizade eterna que perturba e desassossega o "ontém" e a saudade das "baladas", queima das fitas...
Na hora da despedida, fica, sempre, um "nó" na "alma" e a incerteza do regresso.
Lembro-me, ainda, que deixei Coimbra com o olhar ceguinho de choro...
Agora o fado é outro...o de Lisboa. Afinal a Escola de Lisboa e a Escola de Coimbra sempre foram "inimigas" quanto ao Código Penal.
Até sempre.
Paulo

Amor Eterno disse...

´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´ø´øø¶$ø´´´´´´ø¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶$ø´´´$¶´´´ø¶¶¶ø´´´´´´¶¶¶´´
´´´´´´´´´´´´´´´´´´$¶¶¶$´´´´´´´´´$¶¶¶´´¶¶¶´´´´´´´´´´´¶¶´
´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶ø´´´´´´´´´ø¶¶¶¶$ø¶¶¶´´´´´´´´ø¶¶¶¶¶¶ø´
´´´´´´´´´´´´´´´´¶´$¶¶¶¶¶¶¶´ø¶¶ø´´´´´´¶¶$´´´´´´´´´´¶$´´´
´´´´´´´´$¶¶¶$øø´¶¶¶ø´´ø$¶¶¶¶¶´´´´´´´´´¶¶´´´´´$¶¶¶¶$´´´´
´´´´$¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶ø´´´´´´´´ø¶´´´´´´´´´´¶¶´´´´´´´¶¶´´´´´´
´´$¶¶¶´´´´´´´´´¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶øø$¶¶¶¶ø´´´´´´´
´¶¶ø´´´´´´´´´´´¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶øø´´´´´´´´´´´´´´
´¶ø´´´$¶ø´´´´´´´¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´´
´¶¶$¶¶$´´´´´´´´´´¶¶$´´´´´´´´´´´´´´$¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´´´
´´$$¶¶$$¶¶¶ø´´´øøø$¶¶¶¶ø´´´´´´´´´$¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´´´´
´´´´´´ø´$¶¶¶¶¶¶ø´´´´´ø¶¶¶¶¶$´´´´¶¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´ø¶¶¶¶´$¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´ø¶¶¶¶´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´

"O amor é uma luz que não deixa escurecer a vida."
Camilo Castelo Branco

♥ FeLiZ DiA De SãO VaLeNtIm!! ♥

azulacordossonhos disse...

"Dá-me um bocadinhoa de carinho, só um bocadinho
que eu sem carinho quase que definho.

Sem um abraço nem um miminho
faz-me falta um bocadinho de carinho, um bocadinho de carinho
dá-me um bocadinho de carinho só um bocadinho
que eu sem carinho quase que definho

Só te peço um bocadinho de atenção
que tenhas em consideração
que eu considero que pra mim és um irmão

Só te peço um bocadinho de leveza
que me abraces com certeza
que me toques ao de leve na fonte do coração

Um bocadinho de carinho uma boa vibraçao
um bocadinho de carinho um sorriso pela mão

eu só quero um bocadinho uma primeira prestação
não me digas que não .. "

Dá-me carinho__Ovo

Anelar, Anelar toca a animar!!

Beijinho

Mãozinhas disse...

Adorei azulinha...É sempre bom que depois de um post destes, consigamos sentir nos tao mais confortados...

Obrigada e beijinho...

Anelar

Anónimo disse...

Sou um leitor fantasma do vosso blog. Desde o início que passo por aqui e os comentários que penso tecer, esses guardo-os para mim. O que não significa que não estou presente. Aprecio este blog, gosto de ler este blog, gosto de concordar ou discordar deste blog. Porém, se há algo que me tem aborrecido nos últimos tempos, é o facto de que já se passaram dias e dias sem que um dos dedos postasse algo.

Cordiais saudações,

Sabre.

Hans Norhenberg Zwert disse...

O Sabre tem razão... fico à espera de novidades. 1Bjo_HnZ_

Anónimo disse...

Vá lá dedos. Esperam o quê? Começa a tornar-se enfadonho este purgatório. Não acham que a melhor maneira de curar o que provocou esta paragem é continuar a escrever? Quanto mais não seja em honra do que foi escrito antes. Em nome dos minutos de atenção que alguém largou aqui, postando textos plenos de esperança. Ao trabalho!

Sabre

Anónimo disse...

A Páscoa tem como simbolismo a ressureição. Querem melhor desculpa para dar uso aos dedinhos por aqui?

Sabre.