segunda-feira, janeiro 22, 2007

Sorrir

"e provavelmente ia cair no poço onde guardaste todas as minhas mentiras e as tuas desilusões..."

alguém me disse esta frase hoje à noite e, não sei porquê, lembrei-me de ti.....
Vivemos e queremos viver
Vivemos e queremos viver mais...
mas sabes do que nunca nos lembramos?
do risco que é esse viver
esse viver intensamente e sem folego
esse viver impulsivo e fechar os olhos
esse viver do sorriso e.....das lágrimas....

sim, porque nos podemos magoar e nunca saberemos o quanto essa magoa nos pode afectar, nos pode, no fundo, compremeter a nossa existencia de sorrisos por uns tempos.....

tudo que vivemos faz de nós quem somos, não é verdade? e o meio-termo é uma seca....

por isso, quero que saibas que isso que vives agora, faz de ti aquilo que eu amo: a tua essencia, não é verdade?
por isso vive

e a ti aconselho-te a viveres sem medo, sem medo do comprometimento

sabes porquê?

porque tu já te impedes do VIVER que eu falo..., só na tua maneira de ser branca(essa maneira de ser que eu amo)

antagonico?

podes crer...

beijão

PS:sabes quem és e desculpa ter posto isto on-line, mas tu não te aborreces, pois não?senão sabes como por out-line e fica só nosso..., gostava que o encarasses como uma homenagem? sim! porque eu tenho pena que poucas pessoas te conheçam e possam usufruir do privilégio que é conhecer-te e ser-te proxima!


Fura_Bolos

7 comentários:

Mãozinhas disse...

UAUUUU!!!

Claro que não me importo ;) Sinto-me principalmente feliz, sim é o termo perfeito. Achar a felicidade entre os encontros e os desencontros desta vida reboliça e dar de caras com essências como as nossas ;)

Obrigada por pertenceres ao meu ar ;)

Vocês fazem parte do meu refúgio, esse refúgio de intimidades :P

Bjs Grandes***

Walter disse...

Como me senti proximo deste post...adorei, pq tu mereces isto e mt mais!
walter

Mãozinhas disse...

Nem sabes o quanto me identifikei com este post...Não dá pa viver as vida nas entrelinhas..Se alguém faz juz a isso és mm tu..parabéns por isso!

Jinho grande

Anelar

Mãozinhas disse...

Nem sabes o quanto me identifikei com este post...Não dá pa viver as vida nas entrelinhas..Se alguém faz juz a isso és mm tu..parabéns por isso!

Jinho grande

Anelar

azulacordossonhos disse...

Creio que foi o sorriso,
sorriso foi quem abriu a porta.
Era um sorriso com muita luz
lá dentro, apetecia
entrar nele, tirar a roupa, ficar
nu dentro daquele sorriso.
Correr, navegar, morrer naquele sorriso.


Eugénio de Andrade

Ah..

Mãozinhas disse...

ta mto lindo este poema azulinha.. como se xama o poema mmo?

azulacordossonhos disse...

Chama-se Azulinha "és tonta e só pensas em quem não deves"! C'est la vie :[