domingo, janeiro 24, 2010

Remendos

Estou capaz de afirmar que gosto mais da paixão do que do amor, no limite porque não me lembro de me magoar por paixões, mas já levei alguns socos do amor. Bem, para ser justo a paixão também dá socos, mas o período de convalescença é menor, é a diferença entre uma ferida que vai ao sítio com um penso rápido (que comprime) e com Halibut (que acalma) e uma ferida que precisa de pontos. E levar pontos pode ser bem doloroso, já levei algumas vezes e aquilo custa porque tem vários processos, 1º meter os pontos, depois manter a paz e a serenidade para que nenhum rebente e depois tirá-los, mas só os tiras no dia em que alguém decide que está na altura de tirar os pontos – este raio de situação em que deixamos de ter poder decisão é uma chatice. Na paixão o incómodo é menor, no máximo custa a tirar o penso rápido porque tenho pêlos. Também há lesões que precisam de gesso, de um apoio portanto. Conheço quem decida tirar o gesso em casa sem consultar um especialista, e disto já todos gostamos, afinal o poder de decidir está nas nossas mãos, talvez numa tesoura e água quente. Nunca fui apologista deste tipo de atitudes, mas nunca fui apologista de não poder decidir – é nisto que o Amor é chato. Mas a Paixão também é chata como o raio. A paixão é repentina, o Amor não. Há gripes que são repentinas, são as piores – fico de cama sem dormir, dói-me o corpo todo e o peito. O Amor é uma doença prolongada, apre! E as doenças prolongadas são chatas, sobretudo quando não temos ninguém para nos lembrar da hora de tomar o comprimido – é só por isto, porque o facto de ter de ficar de cama sem dormir e com dores no corpo e no peito já ninguém tira. Raios, a Paixão e o Amor são a mesma coisa! Bom, são quase a mesma coisa, a única diferença está no comprimido, não no acto do tomar, mas no acto de te lembrares que alguém o tem de tomar…e às vezes és tu próprio quem tem de o tomar, ou isso ou morres - decide caramba!

8 comentários:

Felis disse...

anónimo???

Anónimo disse...

é um texto de um migo nosso que não quer a sua identidade revelada num blog fraquinho ;)


Isa

Anónimo disse...

true love waits in haunted attics and true love lives on lollipops and crisps.

Anónimo disse...

"i’m so afraid of losing something i love that I refuse to love anything"

Felis disse...

ah...lol

Anónimo disse...

nice text ;)

SuPsicOlimpiada disse...

gosto mais de bepantene plus...ihihih...

várias soluções para um só problema, é este o dilema...como se decide o que será melhor? Ninguém sabe...segredo dos deuses...;)

Mãozinhas disse...

Gosto deste novo inquilino..ele que "apareça" mais vez por aqui :)

anelar