sábado, dezembro 25, 2004

Quem conta um conto, acrescenta um ponto...

Muito bem... O objectivo desta parte do blog é vocês continuarem a história que aqui vos deixo, nos vossos coments! Sejam criativos e dêm continuidade à vida de Sónia, uma mulher que poderia ser qualquer mulher portuguesa e que viverá, dependente da nossa imaginação... (lol)

Estava um dia frio, Sónia tentava aquecer as mãos afagando-as com o ar quente do seu bafo de rabanadas de vinho…
Olhando-se ao espelho reparou em como envelhecera, já não tinha o seu sorriso jovial de sempre e os seus dentes começavam a ficar amarelos do tabaco. O tabaco era, alias, o seu maior pecado, sabia que lhe fazia mal e que se os seus pais soubessem não iam gostar nada mas era um vício do qual já não conseguia prescindir…
O seu único prazer era ligar a televisão! As novelas das 4h, 5h, 6h e das 8h da sic e da tvi eram o clímax do seu dia, compenetrando-se para ver o beijo da Vanessa ao Cláudio Henrique, a gravidez da Maria das Luzes ou a homossexualidade do Josiwalter. Como nunca podia acompanhar a 100% todas as novelas, ia fazendo zapping nos intervalos de cada uma, no controlo remoto da sua televisão do 3 ao 4.
Mas a sua maior paixão era pelo Tony Ramos… Adorava ver aquele peito de caracóis deliciosos a espreitarem pela camisa. Aquela voz tão bem colocada e aqueles lábios provocando-a constantemente. O seu maior sonho era poder, um dia, conhece-lo, só pedia isso! Mas o seu salário de ajudante de cabeleireira mal lhe permitia viajar dentro de Portugal que faria ir ao Brasil? A sua obsessão era tão grande que chegara a gravar vários paninhos com o seu nome, em ponto de cruz, para pôr em cada divisória da casa…
Estava tão entretida a pensar, que mal ouvira o telefone tocar… Quem seria? Só recebia telefonas da sua mãe, de longe a longe, e nunca em cima da novela das 5h! Levantou-se expectante e ansiosa para atender a chamada e…..........

Fura_Bolos (?)

8 comentários:

Anónimo disse...

"Boa tarde era só para avisar que a sua mãe morreu, retire daqui o corpo rapidamente que esta merda não é um hotel." - Disse o responsável pela informação dos óbitos do hospital.

Anónimo disse...

...do outro lado da linha instaurou-se um defunto silêncio...Sónia não queria acreditar que sua mãe falecera, soluçou três vezes e desatou a rir! -" Menina!!" diziam do Hospital! - "Não estamos a brincar o corpo da sua mãezinha já fede! Hoje terão de ser preenchidos os papéis e enterrado o corpo no máximo amanha de manha!!!!"

Mas Sónia apenas ria, olhando pasmada para a televisão enquanto segurava com a mão esquerda o auscultador do telefone... "grande promoção: oferecemos duas viagens ao Brasil para quem nos responder: "Quem beijou Cláudio Henrique??"

-Eu sei! eu sei!!! És sempre a mesma mãezinha, nos momentos mais importantes da minha vida arranjas sempre forma de me chatear!

Anónimo disse...

Então Sónia percebeu que a mãe tinha se registado num hospital de doação de orgãos e k, na verdade o seu funeral, seria apenas um caizão com pele e sem olhos...

Marca emocionada o número de telefone.... Ouve três toques, que lhe pareceram uma eternidade...

- FOI A LUCIA RAQUEL!!!!
- ACERTOU!!! (e ouviu-se uma musica de fundo, pelo telefone)

Sónia nem podia acreditar umas férias no Brazil!!!Só não sabia quem convidar para ir consigo, as férias eram para duas pessoas!
Oh e a sua mãe morreu

Walter disse...

Passado alguns segundos...sónia decidiu-se a ir para o brasil. "até depois de morta, a puta da velha me atrapalha a vida. Já não bastou quando ela não me deixou ir acampar para Porto Côvo...grande porca!"
Sónia já tinha tomado a sua decisão...esta viagem seria a sua oportunidade de conhecer o cláudio henrique. De súbito, uma sombra de dúvida entrou no seu cérebro: "O que vou fazer com a minha mãe? OK...ela já tá morta mesmo...a vida tem de continuar. Vou ligar para o hospital e digo-lhes que a enfiem num saco plástico e a depositem num qualquer contentor do lixo.
Esse era sem dúvida o destino da sua mãe..."o que cheira mal é para deitar fora...obrigado mãezinha por me teres ensinado isso, e eu sou uma filha obediente."
Sónia foi fazer as malas... e o aeroporto impôs-se como destino obrigatório... "Cláudio Henrique me espera"- pensou ela...

Anónimo disse...

O avião partiu..Sónia restabeleceu-se do impacto da propulsão e retirou o cinto que a prendia ao banco...e à vida...Num ápice, o avião foi vítima de uma nefasta turbulência que rapidamente instaurou o pânico entre os tripulantes. Sónia tinha sido aconselhada pela hospedeira a mastigar uma pastilha, evitando assim um enjôo que parecia iminente, porém, como a pastilha era das gorila ( desde que ficou apanhada pelo tony ramos só gostava de coisas que lhe recordassem macacos..)era, logicamente, muito grande...e o inevitável aconteceu: a turbulência colocou a pastilha no goto da pobresinha e...morreu.

Libido (H.)

Anónimo disse...

Best regards from NY! » »

Anónimo disse...

best regards, nice info film editing schools

Anónimo disse...

Keep up the good work »