quinta-feira, junho 03, 2004

Pensamentos Profundos

"Quando olhamos para trás, reparamos em como vertiginosamente as horas se gastaram, em como as perdemos para não mais as recuperarmos. Contudo, dentro do presente, tudo se passa como se a lentidão dos dias nos trouxesse unicamente um dia de amanhã igual ao de ontem. Este sentimento de tédio ou desalento perante uma existência sem surpresas, esconde-nos a realidade, que é a aventura sempre presente no destino das pessoas comuns"

1 comentário:

Anónimo disse...

Enjoyed a lot! »